Emergências: 0800-197878 Ouvidoria: 11 4358 8675
Voltar

Sustentabilidade

Meio Ambiente

A consciência ambiental da Ecovias já está expressa no nome escolhido para designar a empresa responsável pela administração e operação do Sistema Anchieta-Imigrantes, complexo rodoviário que corta boa parte do Parque Estadual Serra do Mar, expressiva reserva da Mata Atlântica remanescente no Brasil.

A ECOVIAS foi a primeira concessionária de rodovias do mundo a obter o Certificado de Gestão Ambiental ISO 14001 e dispensa especial atenção às questões ambientais relativas à operação do Sistema Anchieta-Imigrantes. Para isto, estabeleceu uma política ambiental clara e desenvolve uma série de ações de preservação do meio ambiente, como monitoramento da qualidade do ar e da água, e monitoramento da fauna e flora.

A Ecovias também realiza uma série de projetos e ações ambientais, entre eles, a coleta seletiva de lixo, a coleta de óleo usado de cozinha, a utilização de asfalto borracha (produzido pela Usina da Ecovias a partir de pneus velhos) e a recuperação de áreas degradadas.

Parceria com o Parque Estadual Serra do Mar

O cenário que se pode apreciar no curto trajeto de aproximadamente 70 quilômetros entre a capital paulista e a Baixada Santista é apenas uma parte do Parque Estadual da Serra do Mar, a maior porção contínua preservada de Mata Atlântica do Brasil, com 315 mil hectares, que vai da divisa entre os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro à cidade de Itariri, no litoral Sul paulista.

Para preservar este patrimônio ecológico, a ECOVIAS mantém parceria com o Parque promovendo algumas ações junto aos usuários e comunidades vizinhas.

Pista Descendente da Rodovia dos Imigrantes: referência para a Engenharia Nacional

A construção da Pista Descendente da Rodovia dos Imigrantes (1998 a 2002) permitiu à ECOVIAS demonstrar, pública e mundialmente, sua missão ecológica. A obra, por suas inovações tecnológicas e os cuidados ambientais, normatizados no Plano de Gestão Ambiental Integrada - PGAI, foi considerada modelo de gestão em obras de infraestrutura pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, que a partir daí passou a exigir o mesmo nível de controle em todos os empreendimentos que financia ao redor do mundo.

Por esta razão, em todas as etapas dos estudos para o projeto de construção da Segunda Pista da Rodovia dos Imigrantes - a cargo do Consórcio Imigrantes, formado pelas construtoras CR Almeida e Impregilo -, a premissa ecológica teve fundamental importância. Isto implicou na adoção de medidas preventivas inéditas em todo o mundo, usadas, principalmente, nas escavações dos túneis.

Essas medidas, aliadas a um complexo plano logístico para execução da obra resultaram na redução, em 40 vezes, da área afetada da Mata Atlântica, em comparação com a construção da primeira pista, na década de 1970. Naquela ocasião, foram afetados 1.600 hectares da floresta, reduzidos a 40 hectares agora.

Imagens do projeto
 
0 de 0 fotos slideshow
 
  • Meio Ambiente
  • Meio Ambiente
Fale com a ecovias