Considerada pela pesquisa CNT uma das melhores rodovias do Brasil.

A Ecovias, empresa do Grupo EcoRodovias, administra o SAI, formado pelas rodovias Anchieta, Imigrantes, Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni.

ISO 9001 ABNT14001
Fale Conosco
Caso a sua dúvida não esteja respondida nas Perguntas Frequentes, entre em contato conosco através do formulário
Acessar formulário

Dúvidas

A sua dúvida pode estar aqui. Leia a nossa página de dúvidas mais freqüentes e,
caso não encontre o que precisa,
entre em contato conosco.

Pedágio e pagamento de tarifas

  • Perdi meu boleto bancário ou ele está vencido, como faço para obter a segunda via?
  • Para emissão da 2º via do boleto bancário, favor acessar a seguinte página na internet: boletos.ecorodovias.com.br

    Ao acessar o sistema, selecionar a 2º opção (Emissão de 2º via de boleto bancário para pagamento de tarifa) pessoa física ou jurídica e inserir o CPF ou CNPJ que consta no boleto bancário, clicar em confirmar, imprimir e realizar o pagamento do novo boleto que aparecerá na tela.

  • Perdi meu recibo de pedágio, como faço para obter a segunda via?
  • O recibo de pagamento é um comprovante de passagem por nosso sistema, esse é um documento único e não fornecemos 2ª via.

  • Por que a Ecovias não emite Nota Fiscal Paulista?
  • A nota fiscal é emitida nas hipóteses de venda de mercadorias em geral, serviço de comunicação, transporte intermunicipal e fornecimento de energia, ou seja, destina-se às atividades em que há incidência do pagamento do imposto Estadual ICMS- Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação, o que não é o caso dos serviços prestados pelas concessionárias de rodovias em que há a incidência do ISS Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza. Desta forma, não há qualquer obrigatoriedade por parte da concessionária de emitir nota fiscal.

  • Recebi troco errado na praça de pedágio, como posso solicitar o reembolso?
  • Encaminhe uma cópia do recibo entregue no momento da passagem, com a informação de troco errado (valor faltante), para o e-mail ecovias@ecovias.com.br.

  • Quem tem direito à isenção de tarifas de pedágio?
  • De acordo com o artigo 1º da Lei 2.481/53, com a nova redação dada pela Lei 6.302/61, terão trânsito livre no sistema rodoviário e ficam, portanto isentos do pagamento de pedágio os veículos:

    • De propriedade contratante;
    • De propriedade da Polícia Militar Rodoviária;
    • De atendimento público de emergência, tais como: do corpo de bombeiros e ambulâncias, quando em serviços; das Forças Militares, quando da construção ou manobra; e oficiais, desde que credenciados em conjunto, pelo contratante e pela concessionária.
  • Por que o pedágio da Ecovias é o mais caro que das outras concessionárias e como são calculadas as tarifas de pedágio?
  • As tarifas de pedágio bem como os reajustes anuais estão previstos em contrato de concessão e são autorizados pela ARTESP (Agência Reguladora de Transportes Rodoviários) utilizando o conceito de tarifa quilométrica, que corresponde a um valor fixo por quilômetro multiplicado pelo trecho de cobertura associada àquela determinada praça. O cálculo prevê três categorias: sistema rodoviário (rodovias paralelas, ambas com pista dupla – caso do Sistema Anchieta-Imigrantes), estradas de pista dupla e estradas de pista simples.

    Dessa forma, o usuário paga exatamente a mesma tarifa quilométrica para circular pela rodovia dos Imigrantes, Anchieta, Bandeirantes, Anhanguera, Castelo Branco, entre outras.

    A diferença está no trecho percorrido e na forma como a cobrança é feita, seja nos dois sentidos ou em apenas um, no caso aqui ela é cobrada uma única vez, em um só sentido, quando nas demais concessionárias os valores são cobrados em várias praças de pedágio, tanto na ida como na volta.

  • Estou com problemas na etiqueta e/ou equipamento de pagamento automático do meu veículo. Quem devo procurar?
  • As dúvidas relacionadas ao serviço de pagamento automático tais como: adesão, cancelamento, fatura, verificação de débito da passagem ou bloqueios de aparelhos devem ser obtidas com a sua operadora do sistema de cobrança automática. Segue contatos:

Trabalhe conosco

  • Quero trabalhar na Ecovias para onde encaminho meu currículo?
  • Cadastre seu currículo no ícone - Trabalhe Aqui. Somente farão parte dos nossos processos seletivos aqueles que estiverem devidamente cadastrados.

Seja um de nossos fornecedores

  • Quero ser um fornecedor onde me cadastro?
  • Cadastre sua empresa no ícone - Fornecedores. As cotações e contratações somente serão efetivadas através de empresas que mantenham seus dados atualizados em nossa ferramenta de gestão de fornecedores.

Serviços

  • Por que o guincho não pode me remover até a minha casa?
  • Não é possível uma remoção até a casa ou oficina de confiança de cada usuário, porque o serviço prestado pela Ecovias é focado em tirar o usuário da área de risco e os recursos precisam estar sempre disponíveis para os atendimentos na rodovia.

  • Tenho uma carga superdimensionada, como posso programar a passagem pelas rodovias?
  • Por meio do e-mail cargas.especiais@ecovias.com.br ou pelo telefone (11) 4358- 8729 de segunda à sexta-feira das 8h às 17h.

  • Para quem posso reclamar dos serviços prestados pela Concessionária?
  • As reclamações podem ser feitas diretamente para a Ecovias, por meio da nossa Ouvidoria. O contato pode ser realizado por e-mail: ecovias@ecovias.com.br, pelos telefones 0800 197878, opção 3 ou (11) 4358-8675, ou ainda por meio do preenchendo o formulário de comunicação do usuário disponível das nas Praças de Pedágio, Balanças, Bases Operacionais.

    Horário de atendimento da Ouvidoria: Segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h00 às 17h00

    Se desejar, você também pode contatar a Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo), pelo telefone 0800 7278 377 ou pelo site: www.artesp.sp.gov.br/ouvidoria.html

Operações e condições de tráfego nas rodovias

  • Perdi meu compromisso por causa do congestionamento como faço para obter uma declaração?
  • Para solicitar declaração das condições de tráfego, contate a nossa Ouvidoria por e-mail ecovias@ecovias.com.br ou pelos telefones 0800 197878, opção 3 ou (11) 4358-8675.

    Horário de atendimento da Ouvidoria: Segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00, exceto feriados.

  • Por que é proibida a descida de vans, ônibus e caminhões na rodovia dos Imigrantes, trecho de serra?
  • A proibição atende à portaria 11/2002 da ARTESP (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo) de 06/12/2002. Para consultar a portaria, acesse: www.artesp.sp.gov.br/Media/Default/legislacao/Documento/Portaria-ARTESP-11-2002-1.pdf

  • Por que é feita a operação comboio?
  • Para segurança de nossos usuários, sempre que a visibilidade é prejudicada pela incidência de neblina, mais especificamente, quando o nosso equipamento SCA - Sistema de Controle Ambiental (composto por estações meteorológicas instaladas ao longo do Sistema Anchieta - Imigrantes, permitindo o monitoramento das condições de tempo) aponta uma visibilidade inferior a 100 metros. Neste caso, a ECOVIAS e a Polícia Militar Rodoviária implantam a "Operação Comboio".

  • Como é feita a operação comboio e qual o tempo de liberação de uma caixa de comboio?
  • A Operação comboio é iniciada nas praças de cobrança de pedágio localizadas na Rodovia Anchieta - SP 150 (Pedágio Riacho Grande – km 31+106m) e na Rodovia dos Imigrantes - SP 160 (Pedágio Piratininga km 32+381m) com a interrupção do tráfego e a concentração de 350/500 veículos para serem conduzidos em conjunto por viaturas de tráfego da Ecovias e da Polícia Militar Rodoviária, com uma velocidade em média de 40Km/h até o local onde as condições de visibilidade permitam que os usuários sigam viagem com segurança. As saídas das caixas de comboio são feitas a cada 30 minutos.

  • Por que às vezes, quando não há neblina, continuam com a operação comboio?
  • Na verdade, o que ocorre é que, com a mesma rapidez com que se forma a neblina, esta se dissipa e, neste momento, já há a formação do comboio e não há como deixar de realizá-lo, sob o risco de haver sérios problemas, como abusos dos motoristas tentando recuperar o tempo de espera.

  • Por que não é feita a operação comboio para quem sobe a serra?
  • O ponto mais crítico em relação à visibilidade são os oito quilômetros da Interligação Planalto, via que liga as duas principais rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes, na altura do km 40, permitindo a mudança de uma estrada para outra. Na descida da serra, a Interligação não pode ser bloqueada porque os veículos pesados que seguem em direção ao litoral pelo planalto da Imigrantes precisam obrigatoriamente trocar de rodovia para descer a serra pela Anchieta. Já na subida as alças da Interligação são prontamente bloqueadas sempre que a visibilidade fica abaixo dos 100 metros sem prejuízo ao tráfego de veículos tanto leves quanto pesados.

Fiscalizações, infrações e multas

  • Recebi uma notificação de multa, como faço para recorrer?
  • Para informações sobre recursos de multas, seguir as orientações para recurso de multas que consta na Notificação de Infração. Caso queira entrar em contato com o D.E.R.- Departamento de Estradas de órgão utilize o site www.der.sp.gov.br ou telefone (11)3311- 1711.

  • Por que a Ecovias não fiscaliza os caminhoneiros que abusam de ultrapassagens nas rodovias?
  • A Ecovias não tem poder de polícia para fiscalizar abusos dos caminhoneiros (e demais infrações como essa que ocorrem nas rodovias), tarefa que fica a cargo da Polícia Militar Rodoviária. Para conscientizar os motoristas sobre riscos desse tipo de prática, a Ecovias realiza campanhas educativas todos os anos.

  • Por que a Ecovias permite ambulantes nas praças de pedágio?
  • A concessionária não tem poder de polícia para realizar a repressão à esta atividade. Assim, sempre que é constatada a presença de ambulantes nas praças de pedágio a Polícia Militar Rodoviária é acionada para patrulamento da área, bem como o DER – Departamento de Estradas de Rodagem, órgão responspavel pela apreensão de mercadorias relativas ao comércio irregular nas rodovias.

Acidentes ou Danos em veículos

  • Gostaria de obter imagens ou dados de um acidente que me envolvi na rodovia, como faço?
  • As câmeras instaladas no Sistema Anchieta-Imigrantes são utilizadas para monitoramento das rodovias e por questões de sigilo da política interna da empresa, não fornecemos imagens registradas ou informações de nossos relatórios a particulares, senão em atendimento a eventuais ordens judiciais expedidas pelos competentes órgãos públicos.

  • Gostaria de obter uma declaração com dados do acidente que me envolvi na rodovia, como faço?
  • Para solicitar declaração de atendimento, contate a nossa Ouvidoria por e-mail ecovias@ecovias.com.br ou pelos telefones 0800 197878, opção 3 ou (11) 4358-8675. Informe o assunto, modelo e placa do veículo, data e horário do acidente, rodovia, km e sentido em que trafegava.

    Horário de atendimento da Ouvidoria: Segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00, exceto feriados.

  • Meu carro foi danificado enquanto trafegava na rodovia, como solicitar o ressarcimento?
  • Para ingressar com pedido de ressarcimento é necessário o envio dos dados e/ou documentos abaixo relacionados:

    • Relato detalhado do ocorrido com indicação dos danos causados no veículo (modelo, cor e placa, data e hora, rodovia, Km e sentido em que trafegava);
    • Informar se houve atendimento da concessionária. (Ex.:guincho, rota de inspeção, call box, 0800, colaborador e etc.);
    • Cópia do Boletim de Ocorrências;
    • Cópia da CNH e do documento do veículo;
    • Cópia do recibo de pedágio ou extrato da fatura do sistema de cobrança automática;
    • Fotos dos danos causados no veículo;

    A concessionária sugere que sejam providenciados 03 orçamentos carimbados e assinados. Destaca-se que o envio dos orçamentos ou nota fiscal não é garantia de aprovação do pedido de ressarcimento visto que a decisão de deferimento ou não, se dará com base na conclusão de análise do processo.

    Os documentos deverão ser encaminhados aos cuidados da Ouvidoria por meio do e-mail: ecovias@ecovias.com.br, ou ainda para o endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 28,5, Jardim Represa, São Bernardo do Campo, CEP: 09845-000.

    Após encaminhamento dos documentos, o prazo para análise e resposta do pedido de ressarcimento é de 20 dias corridos.

Emergências: 0800-197878 Ouvidoria: 11 4358 8675
Siga @_ecovias no Twitter
Fale com a ecovias